<$BlogRSDUrl$>

segunda-feira, novembro 8

Olá a todos os alunos da ESTG! 

Também eu já não sou aluna da ESTG mas fui aluna no tempo da mudança para as instalações novas. E também eu fiquei decepcionada com o que acabei de ler. Criticar é muito fácil, qualquer um o pode fazer, já dar ideias ....
Quando grande parte de vocês acabarem os cursos e regressarem às vossas terras, vão precisar de defender Portalegre, porque foi a terra onde estudaram, de onde sairam doutores ou engenheiros e nas entrevistas de emprego vão sentir na pele quando alguém vos engelhar o nariz provavelmente a pensar: "Portalegre? O que se ensina/aprende por lá? Isso não interessa a ninguém!" A verdade é que quando alguém fora daí vem ao site e lê o que por aqui se escreve, a vossa credibilidade para defender o "ainda que por vezes pareça pouco" que aí aprenderam é nenhuma!
Quando tiverem que levantar às 7 da manhã e ouvir gritos do vosso chefe às 9h00m de uma segunda-feira, vão desejar aturar os professores de Portalegre, vão desejar as secas, os trabalhos e as borgas... sim porque quem quiser algum dinheiro para fazer alguma coisa decente na vida não vai poder andar na borga como no tempo académico, só tendo um pai rico .... e às vezes ...depende do pai!
Dêem ideias, mesmo que sejam atropeladas logo de início, continuem a propô-las, um dia alguma será aceite e poderá ser o começo de um futuro melhor!
Concordo plenamente com a Carla, também vivi esse tempo e garanto-vos, não havia nada melhor que o espírito de então!
Só depende de vocês!

Sónia

domingo, novembro 7

Novo Ano Escolar  

O Mestre dá as boas vindas aos novos caloiros da ESTGP.
Esperamos que se sintam em casa, agora que já terminaram as praxes e as aulas começaram.
Para os Veteranos, que estão perto de acabar o seu curso, força malta, já falta pouco.
Para todos os outros, cá vai mais um ano escolar, com as coisas do costume, ou não, cabe-vos alterarem o que vai mal e apoiarem o que está bem. Não sejam inertes, não fiquem simplesmente a ver as coisas acontecerem.
A Escola é dos estudantes e para os estudantes, os outros estão lá para completarem o sistema, não se esqueçam disso.
O Blog da ESTGP por aqui vai continuando à espera de notícias vossas.

Um bom ano escolar a todos.

domingo, março 21

Mensagem 

Olá a todos os alunos da ESTG!

É com imensa pena que li as mensagens do blog.
Já não sou aluna da ESTG mas fui aluna no tempo da mudança para as instalações novas.
Eram um tempo onde não existiam estes conflitos onde todos eram amigos ou pelo menos conhecidos. Onde todos se davam bem e a escola era uma autêntica 2.ª casa.
Todos sabiam a terra uns dos outros, todos se ajudavam e confraternizavam com jantares e festas. Até a noite era diferente de hoje. Todas as noitas (mas mesmo todas) as pessoas saíam e não era preciso combinar nada pois já estava tudo marcado por natureza.
É com muita pena que eu assisto ao desmorenar deste espírito. Quando acabei o curso e deixei Portalegre foi com uma enorme tristeza e saudade mas hoje sinto pena de quem frequenta a ESTG e já não vive este ambiente académico de amizade e camaradagem.
Apesar de tudo força para todos os alunos da ESTG.

Carla

domingo, janeiro 25

Cresçam e apareçam!  

Caros frequentadores da ESTG,
Acho que há aqui gente que está a levar isto longe demais.
Não digo que não se deve ter liberdade de expressão, mas escondermo-nos detrás de um pc e dizer todo o tipo de porcaria que aqui tem sido cuspido (e isto é por as coisas de modo leve) é uma enorme falta de senso.
Mas eu já uma vez li algures que hoje em dia a maior parte da juventude prefere muito mais resmungar que aprender e levantar a mão quando é preciso ajudar a mudar alguma coisa.
Já lá vai o tempo das grandes causas, e hoje nem para vocês são. Sim, para vocês, porque se a ESTG existe é para quem aqui estuda.
Onde estão os grunhidos, rosnadelas e afins na vida real? Onde estão os protestos? Curiosamente há tanta coisa que na ESTG corre mal e porcamente mas dessas ninguém fala. Porquê? Porque vos dá jeito. Só quando alguém vos pisa o calo é que gritam. Ou devia escrever GRITAM?
Sim, porque quem aqui vem deve ser mudo, porque nunca ouvi um protesto a viva voz desde que aqui estou, mas eles aparecem aqui escritos...
Não venham praqui escrever javardices estúpidas sobre quem vos obriga a saber alguma coisa. Não escrevam sobre quem vocês nem conhecem devidamente e ainda assim insultam gratuitamente. Há quem possa mudar as coisas que estão mal nesta escola, mas as coisas não avançam com toda esta porra no blog em vez de num papel na mão de quem pode fazer alguma coisa (e que vocês insultam e acusam de incompetente - ora obrigado... se ajudassem...).
Escrevam e protestem na vida real, vão ver que serve de mais. Mas sobre coisas que valham a pena. Olha, posso já sugerir alguns tópicos... por exemplo sobre professores que não sabem a ponta dum corno e ainda assim dão aulas e ninguém lhes aponta o dedo. Porquê? Porque passam toda a gente pra vos calar. E vocês, cromos, desses não dizem nada. De pouco vos serve, porque saem daqui uns burros chapados como quem vos devia ter ensinado.
Espero ter-vos ensinado alguma coisa. E acima de tudo espero que comecem a ser pessoas normais e não uns cobardes sem nome, cara ou voz.

Man on the moon

Mensagem  

Caros Colegas
Numa tentativa de subir o nível da discussão neste blog e reconhecendo o interesse de um espaço como este, venho participar com algumas notas e assinando a missiva.
Não defendo que todas as participações sejam assinadas, mas também não me parece normal que todas elas sejam escritas sob pseudónimo (ou equivalente).
O que precisamos, hoje, na ESTG é de pessoas que se comprometam, que participem activamente na vida da Escola, que assumam as suas responsabilidades, que antes de criticarem os outros olhem para si próprios e, com humildade, reconheçam os seus erros e defeitos.
Mas há uma questão que tem que estar acima de tudo: não entrar pelo caminho do abandalhamento e da linguagem ofensiva, impeditiva da discussão sã. Assim o blog não cumpre a sua missão e entra no completo descrédito.
Seria interessante cruzar opiniões sobre o(s) sistema(s) de avaliação existentes na Escola, sobre o funcionamento dos diversos serviços, sobre as iniciativas que se vão realizando, sobre o esforço organizativo do actual Conselho Directivo, sobre os potenciais projectos a desenvolver, sobre as alterações a introduzir no âmbito da declaração de Bolonha, sobre o estado do ensino em Portugal e a nova lei do ensino, sobre o futuro dos Politécnicos e do IPP em especial, sobre o desenvolvimento da nossa região, sobre a ligação da ESTG ao tecido empresarial, sobre a participação da Escola na vida da cidade e da região, sobre os ECT's e a preparação dos nossos cursos para esse sistema de créditos, sobre o papel dos estudantes na melhoria do ensino, sobre os direitos e deveres de discentes e docentes e muito mais.
Vamos discutir seriamente os problemas, vamos também falar de iniciativas positivas e trocar informação pois, em muitos casos, a falta dela permite interpretações erradas e desvios à verdade.

RPV

segunda-feira, janeiro 19

Mensagem  

Ghost és mesmo um frustrado... deves ser do tipo que nem tem cara para levar uma bofetada...
Sabes lá tu o que significa a sigla AE, devias era andar em Coimbra e lançares essas críticas aos teus colegas, para veres o que te acontecia.
A ESTGP É O QUE CADA UM DE NÓS FAZ NO DIA-A-DIA ... E TU ÉS DAQUELES QUE NEM PENSAR SABE...
NÃO É ASSIM QUE A NOSSA ESCOLA MELHORA!

Dr Faustus

domingo, janeiro 18

Eleições para a AE!!!  

Olá a todos!

Já está a porta as eleições para a AE ("Associação dos Estúpidos"). Vamos, mais uma vez, andar às cabeçadas com letras penduradas na escola, com teias de aranhas, com ideias brilhantes mas sem sentido, com (des)promessas fantasmas, etc.
Fiquei muito decepcionado quando a anterior equipa que estava na AE tivera sido "recambiada" para casa, para dar lugar àqueles "cromos" do gang "Pedro Santos". Fica aki o meu apreço para o Prates, e claro para a equipa que esteve com ele, por nos ter proporcionado a semana académica e semana do caloiro mais espéctacular que alguma Portalegre teve. Força Prates!!!!
Espero k este ano te veja novamente à frente daquela associação de estudantes, para se poder dar, novamente, o verdadeiro sentido da sigla AE.
Vejamos alguns daqueles (da AE) que estão de malas feitas, e doutros que já abalaram, como é o caso do nosso presidente: Hugo, o "Rezingão", que consegueu fugir a tempo do buraco que ele próprio tivera criado na AE; o "nem-sei-quantas-matrículas-tenho", que não deu a cara nas últimas eleições mas que consegueu, mais uma vez, o "tacho" que ele tanto deseja como colaborador (será possível???); e aquele grupo de indivíduos que sempre figuraram naquela associação ("pés-de-gesso", "chances", "avestruz", "telas" e outros).
Fica aki também mais uma palavra de apreço ao nosso vice presidente de direcção que agarrou o barco, não o deixando afundar mais do que já estava... embora tivesse batido no fundo!!! Força Ricardo, pois se não tivesses sido tu... mais ninguém teria "tomates" para enfrentar esse problema!
Para todos vós, Saudações Académicas!

ASS.: ghost

Mensagem  

É engraçado como as pessoas precisam de meios pouco próprios para se revoltarem...
É na escola com os colegas e professores, que cada uma deve dizer aquilo que acha do sistema existente na ESTG.
Não é a enconder-se atrás de um computador que as coisas melhoram, as criticas devem ser construtivas, mas feitas na presença dos visados, para que estes se possam defender...

Dr. Faustus...

sábado, janeiro 17

Quem não Sabe, Não Inventa!!!  

Sou aluno de Engenharia Civil e foi com enorme espanto que li uma "flashada" que surgiu esta semana no blogg!
Sou da opinião que o mundo está a milhas de ser perfeito, sobretudo porque se tem um desconhecimento completo sobre o limite da liberdade de expressão de cada um! Ensinaram-me a defender as minhas convicções até ás últimas consequências com uma regra básica: só RESPEITANDO os outros poderás ser respeitado!
Aquilo que o "flash" fez foi acobardar-se por detrás de uma máscara e ferir a dignidade daqueles que lutam por algo melhor, deixando-me profundamente envergonhado por ver que este "colega" um dia será Doutor ou Engenheiro sem o conhecimento básico de vivência em comunidade: RESPEITAR os que nos rodeiam!
GANHA JUIZO e CRESCE!!!
Mesmo sabendo que muitas coisas estão mal e que, certamente, um professor que passa durante um ano lectivo (incluindo épocas de recurso) 3 alunos a Resistência de Materiais I e 2 a Estruturas I, devia ser colocado na RUA! Acredito que o melhor a fazer e comparecer-mos em peso em frequências e exames para provar que o Sr. Engº tem conhecimentos acima da média só é pena não ter a capacidade de os transmitir aos alunos!
Quanto a mim a "chefe" merecia outro reconhecimento, apesar de todas as dificuldades de relacionamento humano que são do conhecimento público, é bom não esquecer que as suas cadeiras têm equivalência garantida lá fora! Pelo menos ali não há cábulas nem notas astronómicas... funciona apenas o conhecimento (coisa pouco cultivada no curso!).
Caros colegas, vamos lutar para que um dia consigamos que a escola exista por causa dos alunos!

Sem Assinatura

This page is powered by Blogger. Isn't yours?